sábado, 30 de agosto de 2008

Tive pena deste Benfica.

Sinto-me envergonhado por a minha equipa ter empatado com tão fraca equipa.
Não pensem que estou a ser irónico. É o que sinto.
O Benfica é uma equipa de silicone, uma equipa artificial. Bonita para vender jornais e camisolas. Nada mais.
O Di Maria é um fiteiro, nada fez para além de teatro.
Até o Quim fez teatro para fabricar o cartão amarelo do Rodriguez.
O Aimar nem sei se jogou. Ninguém o viu.
O Reyes ainda tentou fazer teatro para ser visto, fora isso ninguém o viu.
O Carlos Martins marcou as bolas paradas. Nada mais.
O Luisão agrediu o Sapunaru com uma cotovelada.
O Cardozo agrediu o Rolando com uma cotovelada.
O Nuno Gomes agrediu o Sapunaru com uma "patada".
Foi expulso o Katsouranis e mais três deveriam ter tido o mesmo fim.
Depois do golo, o Benfica enfiou-se na área e limitou-se a ser massacrado pelo Porto. Deu pena de ver. Muita pena.
O Quique Flores só pedia calma, como quem pede de joelhos para não perder.
Se o Porto tem tido frieza poderia ter envergonhado o Benfica, descontraídamente.
O Benfica limitou-se a pedir cartões, a fazer-se às faltas, a perder tempo, a reclamar por um fair play que não é lei (quem tem que parar o jogo é o árbitro), a cair no chão com caimbras, como que mortos depois de enfrentar uma equipa cheia de raça, que mesmo não praticando um futebol fantástico, correu, massacrou, lutou e mostrou porque razão o Christian Rodriguez quis trocar de clube, porque o FC Porto é muito maior do que o Benfica.
Gostei do Rolando, fez um grande jogo.
Gostei da humildade do Fernando. Um "desconhecido" que fez desaparecer Pablo Aimar.
Gostei do Lucho, do Lisandro, do Christian Rodriguez, do Guarin, do Tomas Costa, do Sapunaru, do Fucile, do Bruno e do Helton, como já repararam gostei de quase todos.
Candeias e Hulk têm talento, mas têm que perder o vicio do individualismo. Em campo são 11.
Resumindo, o árbitro apitou e os jogadores do Benfica caíram no chão, mortos de cansaço e sem perceber como é possivel uma equipa (FCP) que à segunda jornada já corre tanto.
Tive pena deste Benfica.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Arranco amanhã...

Não quero bater nenhum record. Só quero fazer o meu melhor.
Vai ser fácil? Não.
Dificil? Muito.
Impossível? Isso não será concerteza.
Que Deus me ajude neste sprint final. Só isso.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Angola

Angola tem tudo para ser dos países mais ricos do mundo.
Angola produz 1 milhão de barris de petróleo por dia. Daqui a 4 anos duplicará essa produção.
Angola tem ouro.
Angola tem diamantes.
Angola tem terra.
Angola tem mar.
Angola tem tudo para ser feliz.
Angola podia ter tudo, mas só tem isto...

...pobreza!!

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Google Earth

Lanzarote vista do espaço.
Delimitado a vermelho está o hotel que tão bem nos acolheu.
Não resisti, tinha que partilhar isto convosco. ;)

Maldito relógio

Maldito sejas tu.
Porque não páras de quando em vez?
Será que nunca te cansas?
Eu canso-me de ti e do teu ritmo constante.
Gostava de te controlar. Só por um momento.
Tal como tu me controlas. Sempre.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Nelson d'Ouro

17,67 metros



quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Como será este novo FC Porto?

Não acredito neste Porto.
Gosto do Sporting.
Duvido do Benfica.
Tudo o que penso está neste texto, publicado no MaisFutebol.
"Estará o F.C. Porto mais forte esta época?
A pergunta pressupõe uma outra: com Quaresma ou sem?
O campeão arrancou sem saber se quer contar com um dos jogadores mais influentes do tri e isso para já está a fazer alguma diferença. Isso e mais três ou quatro questões.
Ao contrário da época passada, agora as caras novas chegam e jogam. Talvez um pouco até de mais. Por exemplo na defesa. Bosingwa foi embora, chegou Sapunaru, que é bem diferente. Mais alto, bom de cabeça, menos ofensivo, um pouco tímido até. Chegou Benítez, Fucile foi para o «banco». Assim de repente, Jesualdo tem metade da defesa nova. Pode nem ser um problema, mas até ver são legítimas as dúvidas.
No meio-campo ficaram a intensidade e o génio, Raul Meireles e Lucho. Saiu quem suportava tudo aquilo, Paulo Assunção. O brasileiro jogava a posição mais importante de uma equipa de futebol. No fundo, era ele quem segurava o manual da máquina. Em caso de dúvida era a ele que todos recorriam. Há pessoas assim: só quando partem percebemos exactamente o espaço que ocupavam e a importância que tinham.
Claro que é ainda mais substituir alguém se não houver propriamente um substituto. Guarín anda a jogar por ali, mas é evidente que a vocação do colombiano é outra. No passado, o meio-campo vivia das movimentações de Lucho e Raul Meireles, que sabiam sempre que as costas estavam guardadas. Guarín é também ele um sonhador, fascinado pela bola e atraído pela baliza adversária. Introduzir o colombiano no meio-campo, sem violentar a sua natureza poderá contribuir para tornar o sector ainda mais forte. Afinal, o adversário teria de contar com mais um jogador que chega à sua área. Mas isso obriga a repensar todas as rotinas e pedir a Raul e Lucho que também passem pela posição «6» em alguns momentos do jogo. Enfim, é um desafio, algo que está por fazer.
Na frente, o enigma Quaresma. Com ele, Lisandro e Rodríguez o F.C. Porto terá a linha avançada mais forte da Liga. Com Mariano, Tarik ou Hulk será outra coisa. Menos boa, claro. A equipa continua também a precisar de uma alternativa sólida a Lisandro. Farías é um finalizador, falta um «homem grande», que jogue bem de cabeça.
CONCLUSÃO
Não é seguro que o F.C. Porto esteja melhor. Mas é legítimo esperar que seja tão forte como na época passada. No entanto, a participação de diversos futebolistas contratados aumenta a zona cinzenta, os «ses», permite dúvidas e atrai erros (viu-se na Supertaça). No futebol compra-se quase tudo, menos rotina. Isso só o tempo e o treino podem oferecer.
MAIS
As duas figuras da época passada mantiveram-se. Lucho e Lisandro estão lá. O treinador também é o mesmo, a estrutura não abanou apesar das dificuldades para convencer a UEFA de que podia participar na Liga dos Campeões. O sistema de jogo também permanece igual, pelo que não há grandes motivos para uma falsa partida. Isto apesar do que se viu o Algarve, com o Sporting. Mas em 2007/08 também foi assim e viu-se o resultado no fim.
MENOS
O F.C. Porto foi incapaz de responder a esta pergunta nas primeiras semanas da época e por isso chegou mais frágil ao primeiro jogo oficial. E perdeu uma Supertaça. Se Quaresma for vendido, o campeão somará a Paulo Assunção e Bosingwa uma terceira saída de peso. Se ficar e jogar ao seu nível isso aumentará imediatamente a percentagem de possibilidades de o campeão renovar o título. Se ficar e jogar só de vez em quando será mau para jogador e clube. Seja qual for a solução, chegará tarde de mais para salvar a Supertaça. Os efeitos no campeonato poderão surgir mais tarde.
ESTRELA
O uruguaio Cristián Rodríguez trocou a Luz pelo Dragão e tem tudo para ser uma das figuras maiores do campeonato. Promete formar com Lucho e Lisandro uma ligação fortíssima, capaz de acrescentar velocidade e golos à linha de ataque portista."
in maisfutebol

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Beijing 2008

Beijing 2008 são os primeiros jogos olimpicos que acompanho diariamente.
Nunca dei muito relevo a esta competição. Via quando calhava e pronto.
Este ano comecei por acompanhar a natação.
O Phelps deu-me a entender que há atletas mais do que fantásticos. Para pessoas como ele deveria haver uma medalha de platina talvez.
Depois acompanhei a ginástica. O andebol. O basquetebol. O voleibol. Os saltos para a água. O futebol. E agora começou o atletismo, que vai ser muito bom. Eu pressinto.
Acompanhar jogos olimpicos com a (quase) certeza que não há dopping permite-me admirar cada atleta e tentar imaginar o quanto sofreu para estar ali a bater record atrás de record.
Só é pena eu sentir que os chineses têm sido beneficiados sempre que são os juris a decidir.

domingo, 17 de agosto de 2008

Voltei de...

Lanzarote
@ Hotel Occidental Grand Teguise Playa
**** Superior

sábado, 9 de agosto de 2008

A partir de amanhã...

Lanzarote



Aqui ->

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Refens em Portugal?

Onde é que nós vamos parar?
Estou parvo da minha vida.
O Brasil é mais abaixo. Sim?!

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Destino escolhido

Brevemente estaremos lá...
Com classe, não?!

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Mario Palmeira EXISTE

Não posso calar a minha revolta. Desculpem, mas isto não se faz.
Palmeira é um miudo cheio de talento e de sonhos.
Pode errar, como todos nós erramos, mas é um miudo.
Se ele errou, castiguem-no. Mas digam-lhe porque o castigam.
Se o querem castigar façam-no sem exageros. Tem 18 anos.
Jorge Jesus tem, no mundo do futebol, a consagração de alguem que aposta em jovens. Eu tinha essa ideia também. Mas o que fez a Mário Palmeira não se faz a ninguém.
Durante o Torneio Internacional de Braga não deu um único minuto de jogo ao jovem central. Foi o único que não pisou a relva durante o torneio.
Porquê, Sr. Jorge Jesus???!
Não acha que deveria explicar a um miudo de 18 anos (o mais novo do plantel) o porquê de ter feito isso?! Sinceramente acho que devia.
Aquando da entrada de Frechaut para central (adaptado), o comentador da Sportv disse "Jorge Jesus vai adaptar Frechaut a central, visto que não tem mais nenhum central de raíz no plantel".
Sr. comentador, o Jorge Jesus tinha outro central de raíz e o senhor sabia muito bem disso, tinha a constituição da equipa à sua frente e sabia que o Mário Palmeira é um central de raíz.
Vocês, jornalistas, quando querem fazem de uma pedra um jogador, mas quando não querem, não gostam, ou não conhecem, fazem de tudo para que esse alguém não apareça. É vergonhoso!!
O Palmeira EXISTE, é um menino que está a entrar aos poucos no mundo dos tubarões do futebol e tem talento para sobreviver nele.
Se não querem ajudá-lo, pelo menos não o prejudiquem.

domingo, 3 de agosto de 2008

De férias, mas...

Isto de estar de férias é giro.
Mas tem que haver uma fuga.
Mas para onde?
Tenho que escolher um destino e não consigo.
Ajudem-me.
Opções não válidas:
-Portugal.
-Sanxenxo.
-Palma de Maiorca.
-Benidorm.
-Sitios com preços exorbitantes. Como Bora Bora ou Maldivas.

sábado, 2 de agosto de 2008

Cadeira vazia

A cadeira tem estado vazia, mas não me esqueci deste blog.
São as férias. Essas malditas que não me deixam ter tempo para nada.
De manhã tenho que dormir até às 13h. É chato, mas tem que ser.
Depois do almoço tomo um café e logo logo de seguida vou tratar deste meu joelho.
Por falar nisso, tenho que agradcer ao terapeuta Pedro. Bom trabalho e muita paciência.
Estou na fase final da recuperação. Final mas longa. Mas temos trabalhado para que todas as falhas fiquem colmatadas. Neste momento recupera-se a massa muscular perdida e trata-se uma inflamaçãozita na parte de trás do joelho.
O ligamento propriamente dito? Esse está impecável. Obrigado.
Quando o Pedro deixa de "massacrar" este joelho, ganho coragem, e todo suado dirijo-me para o ginásio. Trabalho lá mais um pouco e venho para casa para jantar.
E assim se passa um dia.
À noite... à noite todos os gatos são pardos e eu não fujo à regra!!
Por tudo isto a cadeira está vazia e o blog quase quase parado.